Conheça o Escola da Vida

Princípios que transformam

Escola da Vida é um Projeto da MPC Brasil
Nossa história

2009 - Início do Projeto em Brasília, ainda chamado "Quinto Princípio", no 2º semestre as cidades de Goiânia e São Paulo também já começavam a aplicar o projeto. O ano termina com 18 EdVs realizados, 6.300 alunos alcançados e 1.745 decisões por Cristo.



2010 - O projeto passa a chamar-se "Escola da Vida - princípios que transformam" e se expande pelas cidades do Brasil, chegando a 16 cidades envolvidas, 29.561 alunos alcançados e 7.934 decisões por Cristo. A equipe do EdV Brasil começa oferecer workshop para treinar interessados no projeto.



2011 - O número de cidades aumenta, agora já são 100 cidades realizando o projeto, dentre elas várias cidades que ainda não possuíam um ministério local da MPC. Foram 34.028 alunos alcançados e 10.871 decisões por Cristo.

 

2017 - Mais 110 cidades realizam o Projeto Escola da Vida de Norte ao Sul do Brasil. E o alcance é internacional: países como Cabo Verde, Moçambique, Sao Tomé e Príncipe, Bolívia, Colombia, Guatemala e Honduras já receberam o Projeto Escola da Vida.

Metodologia

          O projeto é baseado no resgate de príncipios e valores e consiste em uma imersão de vários dias na escola desenvolvendo as seguintes atividades: PALESTRAS, LANCHE PARA PROFESSORES, CONCURSO DE REDAÇÃO, EVENTO CULTURAL e REUNIÃO COM PAIS.

Palestras
Com abordagens dinâmicas e recursos visuais, as palestras tem a missão de trazer reflexão e desafio à mudança.  Elas são baseadas em princípios de vida e nos ensinamentos de Jesus atrelados ao tema proposto. A ênfase é fazer os alunos olharem para si mesmos e se sentirem desafiados a mudar. Temas comuns: Drogas, Violência e Gangues, Sexualidade, Autoestima, Ditadura da Beleza, Caráter e Relacionamentos, Vocação, Meio Ambiente, Consciência Política e etc. A frase-tema "tudo muda quando você muda" é repetida em cada palestra durante a semana. De segunda-feira a quinta-feira, os quatro temas selecionados pela escola serão abordados – um por dia. Para que todos os alunos possam ouvir cada palestra, elas são ministradas repetidamente em um local fixo (auditório ou sala ampla), e as turmas se revezam quantas vezes forem necessárias – isto dependerá do número de alunos e de quantos turnos (manhã, tarde e noite) o Projeto pretende alcançar. Cada palestra tem a duração de uma hora-aula.

Lanche para os Professores/Colaboradores
Os professores/colaboradores são pessoas muito estratégicas na vida da escola, e em especial dos alunos, por isso a MPC oferece um momento de lanche e bate-papo com eles, apresentando o projeto e prestando uma homenagem a eles levando uma palavra de motivação e esperança. O lanche acontece uma vez na semana anterior as palestras, no horário do intervalo ou da coordenação dos professores.

Concurso de Redação
O desafio é fazer uma « Carta pra Deus ». O concurso é divulgado uma semana antes ou no começo da semana para todos os alunos interessados e não tem caráter obrigatório. Essa equipe se encarrega de ler, responder todas as redações e premiar as melhores redações Evento Cultural. As respostas das redações serão entregues através do "Correio MPC" nas semanas seguintes à do projeto.



Evento Cultural
Na sexta-feira realizamos um grande evento de forma dinâmica com música, teatro, dança, premiação da redação e apresentamos o Princípio do Amor: amor à família, amigos e o amor de Deus por nós. Nesse dia a apresentação dura uma hora e meia, aproximadamente.



Reunião com Pais/Responsáveis
Reconhecemos a importância das famílias para a escola e seus alunos, por esta razão procuramos dar uma pequena contribuição através de uma palestra que desafia e encoraja os pais/responsáveis a não desistirem de exercer o seu papel na educação do filhos. O tema abordado é: O desafio de educar os filhos com princípios e valores na sociedade. Pode ser realizado depois da semana de palestras ou na própria reunião de pais na escola. 

Correio MPC
Os alunos tem a oportunidade de preencher uma ficha de contato para que a equipe possa retornar depois à escola e entregar um material reforçando a mensagem do projeto. Também são entregues as redações respondidas pela equipe da MPC.


Melhor Amigo
Os alunos cristãos que desejarem recebem um convite para duas reuniões na semana posterior ao Evento Cultural. Eles são desafiados a dar continuidade ao que Deus fez durante o Escola da Vida. 

Fundamentos

ENVOLVIMENTO SOCIAL

O nome “Escola da Vida” já pressupõe que os assuntos são “extracurriculares”, voltados pra vida prática dos estudantes. Então nossa “ação social” ocorre no sentido que procuramos cooperar com a reflexão sobre estes temas no contexto escolar, visando mudança, resgate de princípios, etc. Entendemos também que servir às pessoas em suas necessidades “gerais” é também nossa missão e testemunho do amor do Pai.

CONTEXTUALIZAÇÃO

Devemos usar uma linguagem simples, sem religiosidade e informal, utilizando recursos visuais, dinâmicas, músicas conhecidas dos alunos, vídeos, etc... que tornem a apresentação dinâmica e interessante para que a mensagem seja transmitida de forma clara e autentica.

​​

EVANGELHO

A mensagem é anunciada pelo comportamento, pelo amor demonstrado em relação à comunidade escolar como um todo, expresso no olhar, toque, abraço, palavras, orações. Mas também é uma mensagem que precisa ser falada, explicitada. Nome de religião ou de igreja em momento algum é mencionado, mas somente CRISTO como a expressão máxima do amor de Deus.

CONTINUIDADE
Ao final, os alunos INTERESSADOS tem a oportunidade de deixar seus dados conosco para posterior contato.
As ações imediatas são o Correio MPC e Melhor Amigo, ou seja, a resposta da redação, a entrega da carta e da revista (e outras literaturas). A MPC realiza ações em conjunto com igrejas parceiras e capelanias para adotar a escola e prosseguir com o trabalho.  

 

COOPERAÇÃO

O trabalho em equipe e parcerias, fortalecem o projeto, dão oportunidades a mais pessoas de servirem, e gera um maior alcance em médio e longo prazo, pois cada um tem um ponto forte, que somados produzem um excelente resultado, otimizando o investimento de cada um.

Nossa Equipe Nacional

Deborah Munir,  formada em Letras, começou como voluntária da MPC em 2010 na MPC São José dos Campos e atualmente é a Coordenadora Nacional do Escola da Vida nacional.

Raquel Chaves, casada com Júiio e mãe da Lara e Liz. Obreira da MPC  Brasil desde 2009 e líder da MPC Brasília desde 2012, Ama trabalhar com projetos, comunicação e jogar video game.

Luís Moreno,  formado em Teologia, é Master Coaching, Palestrante e Capelão Escolar. É Líder Regional da Capelania Escolar. 

Dani Marçal,  começou como voluntária na MPC em 2008 e tornou-se obreira da MPC Brasil em 2011, formada em Marketing e Vendas, Missão Integral, Coach Mentoria e Capelania Escolar. Apaixonada por adolescentes, amante de artes, esportes e filmes.  

Ana Luiza,  fotógrafa por profissão, missionária por vocação, serve na MPC Brasil desde 2005. Atua na implantação do projeto Escola da Vida na América Latina e é fíder estadual da MPC no Rio de Janeiro. 

Carla Elisa, voluntária da MPC desde 2009, obreira desde 2013. É líder da MPC Queimados. Pós-graduando em Responsabilidade Social e Gestão Estratégica de Sociais. Se realiza servindo a Deus ao servir seu próximo. Gosta de praticar atividades físicas e luta por uma vida saudável e equilibrada.  

Quézia Costa, casada com Yan, é obreira em tempo integral da MPC e atualmente serve em Recife como vice-líder. É publicitária e ama trabalhar com mídias sociais. 

Edi Mello,  casada com Gláuco Mello, o Mongrau, serve na MPC desde 2009.  Faz parte da Coordenação Ministerial Nacional . Ama trabalhar com artesanato.